Não Tomar um bom banho E Outros 'pecados' Que Sabotam Teu Corpo humano Após o Exercício

Não Tomar um banho E Outros 'pecados' Que Sabotam Teu Corpo humano Depois do Exercício


Um treinamento esportivo não termina quando você para de correr ou termina sua série de exercícios. Esta é a primeira conclusão errada a que chegam diversas pessoas que fazem esportes ou frequentam academias. Por inexistência de tempo, ignorância ou negligência, uma série de hábitos podem afetar negativamente os privilégios adquiridos durante a atividade física. Você sabia, tendo como exemplo, que a seriedade do banho após o exercício vai além da higiene? Com a socorro de Juan Francisco Marco, professor do Centro de Ciência do Esporte e Alta performance da Espanha, a BBC Universo (serviço em espanhol da BBC) organizou uma relação com as piores práticas associadas ao exercício.


Se identifica com algum destes pecados? Dessa maneira, mude de imediato os seus hábitos pra surgir de forma acelerada a seus objetivos. Após a intensidade de um exercício, é relevante que o organismo retome a calma, "importante para relaxar os músculos e estabilizar todo o sistema cardiorrespiratório", alerta o professor espanhol. Além dos aspectos higiênicos e sociais, tomar uma ducha após o exercício cumpre uma função específica que beneficia o corpo humano. Marco, que recomenda banhos com água fria. Se você não suporta água fria, podes começar com água quente ou morna, que permite que os poros sejam abertos e toxinas sejam removidas.


Depois, é aconselhável valentia pra tentar afrontar a água "ao natural". Um estudo recente sugere que uma rotina de exercícios, por mais vigorosa que seja, não consegue anular o efeito negativo causado pelo vício de ir muitas horas sentado. Muito tempo no sofá, por exemplo, podes encorajar doenças no coração. Após treinar duro, esse tipo de vício é ainda mais questionável. Muita gente deixa de se agasalhar durante o tempo que sente o calor decorrente do exercício físico.


Isso pode talvez afetar o corpo, que trabalha pra se recuperar do interesse e pode oferecer sinais de baixa defesa pra combater contaminações ou doenças. O melhor é utilizar casacos que preservem o calor corporal e comparecer resfriando o organismo lentamente, sempre que o organismo se esquenta naturalmente. Se você não é do tipo que se acostumou a se hidratar ao longo do treino, precisa fazê-lo no final da prática, apesar de que a recomendação geral é beber líquidos antes, durante e após o exercício.


O significativo é não confundir bebidas isotônicas com as energéticas, a apoio de taurina ou guaraná, que servem como estimulantes, e não pra relaxar. Além de se hidratar, as pessoas devem recaregar os depósitos de gordura, pra repor a energia perdida, e de proteína, pra reparar o quanto antes as microfissuras que acontecem em nível molecular. Embora estas últimas possam ser atacadas com shakes de proteína, o mais natural é que isso aconteça pela alimentação. O professor sugere o consumo proteínas de absorção rápida depois do exercício "para desfrutar que a massa muscular está mais contraído e tem mais irrigação sanguínea". Entre os alimentos dessa categoria estão o atum e a soja. Para reabastecer carboidratos sem culpa, recomenda-se alimentos com absorção média ou lenta, como "arroz, massas ou cereais". Ele anuncia que carboidratos de rápida absorção não dão ao corpo humano o tempo imprescindível para assimilá-los.



Por esse post faremos uma rápida revisão a respeito da dieta mais indicada pro controle do colesterol. Quem tem que fazer dieta pra baixar o colesterol? Uma dieta saudável é indicada para qualquer sujeito, mesmo aqueles com níveis de colesterol controlados. Todavia, quanto maior for o valor do colesterol LDL, mais primordiais se tornam as transformações de costume de vida. Uma dieta voltada para controle do colesterol está indicada para todos aqueles com colesterol LDL acima de 130 mg/dL. No caso de pacientes com antecedentes pessoais de doença coronariana (leia: INFARTO DO MIOCÁRDIO | Causas e cautela) a dieta deve ser feita de forma a ajudá-lo a conservar o LDL abaixo de 100 mg/dL. O que segue abaixo são dicas gerais a respeito de alimentos e suplementos no controle do colesterol.


Pra se otimizar os resultados é a todo o momento significativo possuir uma consulta com um nutricionista, pra que esse possa traçar uma estratégia apropriada para o teu caso em particular. Diretriz geral, tem que-se impossibilitar gorduras saturadas, principalmente as saturadas do tipo trans. As gorduras mais saudáveis são as gorduras insaturadas, principalmente as monoinsaturadas, encontradas em alimentos como o azeite, canola, abacate, amendoim e nozes.


Vamos explicar com mais dados. Não é preciso apagar carnes da dieta, contudo dê preferência a peixes. Carnes de aves sem pele bem como são uma opção. Carne de boi ou porco somente se forem cortes magros. Carnes com cortes gordos, entrecosto, carne de órgãos e carnes fritas (inclusive peixes). Linguiça, salsicha, mortadela, salame, presunto e bacon. Camarão, polvo e lulas.


Necessita-se a toda a hora conceder preferência à proteína vegetal em vez da proteína de origem animal. A carne de soja é um muito bom subcessor pra carnes de origem animal. Para saber sobre o assunto os riscos do consumo de carne vermelha, leia: CARNE VERMELHA Razão CÂNCER? Podes-se comer ovos, mas, não mais do que 4 gemas por semana nos casos mais leves e não mais do que 2 gemas por semana nos casos de colesterol mais elevado ou alto traço cardiovascular. Nessa conta adiciona-se alimentos que levam ovos, como bolos e massas. A clara não tem colesterol e podes ser consumida sem terror. O leite deve ser sempre desnatado.


O mesmo vale pra queijos e iogurtes. Dê preferência ao queijo cottage, o mais magro de todos. Queijo Minas light também é uma interessante opção. Impossibilite queijo gorgonzola, cheddar, provolone e parmesão. Ao contrário do muita gente pensa, a muzarela de búfala não é um queijo magro. Na verdade, ela é mais gordurosa até do que a muzarela comum. Se quiser utilizar creme de leite pela preparação de um prato, use o à apoio de soja, cujo sabor é muito aproximado. Bem como tenha cuidado com sorvetes cremosos. Não se deve usar manteiga, porém sim margarina especiais. Já há no mercado margarinas com esteróis vegetais (fitosteróis) que comprovadamente ajudam a baixar os níveis de colesterol LDL. As duas marcas mais famosas são Becel pro-activ® e Benecol®.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *